Resenhas e conteúdos sobre literatura

18 de fevereiro de 2015

Resenha: Sombras do Medo


Livro: Sombras do Medo
Autora: Camila Pelegrini
Páginas: 200
Editora: GARCIA edizioni
Avaliação: 

Sinopse: Sombras do Medo - Em um futuro pós destruição em massa, provocada pelas guerras humanas e desastres naturais - para os quais os humanos também contribuíram grandemente - o mundo é dividido em 5 grandes regiões. Em cada uma delas vivem ordinários e singulares, pessoas com ambições completamente diferentes. Estes dominam o mundo. Aqueles tentam tão somente sobreviver.
E ao viverem dessa forma, a bondade beira à extinção. O caos reina em seu lugar, despertando forças malignas que há muito esperam para serem alimentadas.
A maior guerra de todos os tempos finalmente começa e a humanidade já se encontra em desvantagem.
E em meio a tanto ódio e destruição, será o amor capaz de afastar as Sombras do Medo?

Resenha

Esta foi a primeira distopia nacional que eu li, e como fissurado por distopias, iniciei a leitura com expectativas altas. Desde o início estava receoso com a mistura de distopia e fantasia proposta pela sinopse do livro, uma vez que nunca li um livro que fizesse esta mistura. Apesar da distopia em si ser muito boa, a parte fantástica não me convenceu, o que foi uma pena, levando em conta o potencial do livro.

Nesta obra é retratado um futuro no qual o planeta terra está totalmente destruído, exceto por 5 regiões onde ainda restam parte dos recursos. Esta destruição havia sido causada principalmente pelas atitudes humanas, como as guerras e a má utilização dos recursos naturais. Com a pouca disponibilidade dos recursos não seria possível suprir as necessidades de todas as pessoas, devido à isso a sociedade foi dividida em Ordinários e Singulares, sendo os ordinários os que trabalhavam para suprir as 5 capitais em troca de água e comida; e os Singulares os que mandavam e aproveitavam dos recursos restantes. Todas as capitais eram isoladas por muralhas, deste modo sendo impossível a entrada das “pessoas comuns”.
É às margens da terceira capital que vive nossa protagonista, Anabele, uma jovem ordinária que assim como os outros trabalha arduamente para conseguir o seu sustento. Ela se mostra uma garota generosa e que não entende o que os tais Singulares tem de especial para merecerem monopolizar os recursos restantes e obrigar os ordinários a levar uma vida indigna. Ela mantém uma relação muito próxima com a mãe e seu amigo Vincent, que demonstra grande apreço pela garota.
Coisas estranhas começam a acontecer na terceira província, lugar onde Anabele reside. Uma intensa onda de frio chega à região, sombras negras transitam pelo lugar acompanhadas de chamas que irradiam frio ao invés de calor. Junto à esses fenômenos, ordinários começam a desaparecer misteriosamente, e muito afirmam que é o início do fim dos tempos.
A história é narrada em terceira pessoa, alternando o foco entre nossa protagonista e o rei das 5 capitais, o que nos permite saber como funciona a vida em ambas os lados da muralha. Há um teor de romance na história, o qual é caracterizado por um “quase triângulo amoroso” feito por Anabele, Vincent e Henry, um forasteiro que chegou à região.
A construção do mundo futurista pós-destruição em si foi muito boa, mas senti falta de um maior aprofundamento nas situações que levaram o planeta ao estado em que se encontra. A divisão do mundo lembra muito Jogos Vorazes no que diz respeito à submissão de uma grande parcela da população em relação às capitais, que ditam as ordens e os obrigam à sustenta-las. Porém a diferença fundamental está no atual estado e na disponibilidade de recursos no planeta. Certamente alguns ignorantes podem dizer que é apenas outra cópia de Jogos Vorazes, uma vez que toda distopia atualmente é comparada à obra de Collins, mas entre inspiração é cópia há uma distância muito grande. As semelhanças acabam a partir do momento em que a história toma rumo na fantasia, o que infelizmente não deu certo pra mim.

Como eu temia, a mistura de distopia e fantasia não me agradou. Por mais que tenha sido criativa a justificativa da autora para os elementos fantásticos atribuídos à obra, achei-os muito forçados e superficiais. A parte distópica em si foi muito boa, apesar de faltar aprofundamento em alguns aspectos. As críticas sociais feitas pela autora neste modelo de sociedade são muito bacanas, levando o leitor à reflexão sobre as atitudes tomados pela humanidade hoje e a consequência que elas podem vim a ter no futuro.
Quanto à diagramação, o livro está ótimo. Contando com uma capa belíssima, uma das mais bonitas da minha estante diga-se de passagem, e uma fonte muito tranquila de ler. A escrita da autora é bastante fluída e o livro é de uma facilidade de leitura muito grande. Apesar de alguns aspectos não terem me agradado, foi um livro que eu gostei, principalmente por ser de autoria nacional, então por isso eu recomendo. É muito bom ver que os autores nacionais estão entrando neste gênero que tanto aprecio. Então, se você gosta de distopias, fica a dica.

Sobre a Autora:

Camila Pelegrini
Com um sonho na cabeça e uma caneta na mão, Camila Pelegrini (21 anos), estudante de direito e professora de inglês, criou um mundo pela primeira vez. A mais nova escritora é de Mogi Guaçu e é uma consumidora assídua de livros, o que chega até a ser um vício (um dos bons é claro). O livro Sombras do Medo é o primeiro publicado e ela já trabalha em suas próximas obras.

Facebook

Skoob
Saiba mais



Book Trailer:


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

36 comentários:

  1. Oie!
    Primeira vez te visitando, vi seu blog no grupo Blogs Literários. =)
    Gostei muito da resenha e também de você ter citado os aspectos negativos. O livro me chamou a atenção e a capa é mesmo linda!
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá ^^
      Fico feliz que tenha gostado. Procuro sempre citar aspectos negativos e positivos, para ser honesto comigo mesmo e com o leitor. Essa capa é magnífica hehe
      Um abraço

      Excluir
  2. Olá! Nunca li nenhuma distópia brasileira, mas esse parece ser muito bom, concordo que misturar fantasia com distópia não fica muito legal :/
    Adorei a resenha!

    Beijão da Lari <3
    Brilliant Diamond | Fan Page

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lari
      Apesar da mistura não ter dado muito certo pra mim, é um livro que vale a pena ler ^^
      Um abraço

      Excluir
  3. Oii Daniel, tudo bem?
    Não sabia que o livro era nacional, pela capa maravilhosa parecia ser internacional haha, que pena que a leitura não agradou você, pela resenha me pareceu que a história é confusa, com muitas coisas que acontece do livro, mas fez resenha grande falando melhor da história né haha, ficou ótimo!
    Espero sua visita *-*
    http://www.doceliterario.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Amanda
      Concordo que à primeira vista o livro parece internacional mesmo kkkkk O design dessa capa ficou belíssimo.
      Apesar de alguns aspectos não terem me agradado, foi uma leitura super válida. Então recomendo que conheça a história.
      Um abraço

      Excluir
  4. To te seguindo no blog, retribui?! http://milcoisasquevocedeveriasaber.blogspot.com/

    Se quiser trocar curtidas na fan page, tbm topo: https://www.facebook.com/pages/Mil-coisas-que-voc%C3%AA-deveria-saber/343958985795382?ref=aymt_homepage_panel

    Se vc puder me responder no meu blog, vou ficar mto agradecida, mas qlq coisa passo aqui depois para ver o q vc respondeu! Ah, amei o blog! Bjs, Tati!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tati.
      Fico feliz que tenha gostado do blog. Vou te fazer uma visita sim ^^
      Um abraço

      Excluir
  5. Eu adoro esse livro que conta o ''futuro da humanidade'' sempre me faz pensar o que sera de tudo daqui uns 69 anos???
    Adorei a resenha, acho que vou ler.
    sessão proibida †

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Lunii
      O bom das distopias é que lhe permitem reflexão sobre várias coisas.
      Que bom que gostou da resenha ^^
      Um abraço

      Excluir
  6. Oi Daniel!
    Também gosto muito de distopias, mas acho que essa mistura aí também não me agradaria. Eu até gostei do enredo, parece ser um livro bacana, mas não sei se leria por conta dessa inserção de seres fantásticos. Enfim...
    A capa é extremamente linda! *-* Capricharam demais, parabéns à editora pelo trabalho!
    Beijos
    Coisas de Meninas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Neyla
      Levo muito a sério o gênero distopia, por isso não me identifiquei com a mistura. Mas apesar disso a história é bem bacana. E essa capa ... <3
      Um abraço

      Excluir
  7. Olá :)
    Uma distopia escrita por uma autora nacional, bem interessante. Não conhecia o livro mas gostei bastante da história. Acho que seria uma leitura bem agradável. Eu tô achando incrível que os autores brasileiros estão escrevendo mais sobre fantasia e outros gêneros. Ah, e que capa é essa ein? Linda demais :)
    Abraço
    http://interessantedeler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Elileudo
      Sim, é muito bom ver que os autores nacionais estão entrando neste gênero.
      Nossa, essa capa é tudo =p
      Um abraço

      Excluir
  8. Oi Daniel, tudo bom? Distopia acabou se tornando meu genero preferido, seguido de Fantasia. Mas tenho o mesmo medo que você de que essa mistura não de certo. Tenho medo que seja uma decepção pra mim assim como foi pra ti. :\ Mas a capa é muito linda mesmo! E a protagonista parece ser super legal e muito provavelmente eu darei uma chance a este livro logo logo - mesmo com o medo da decepção que poderá vir depois :c
    Beijo,
    entreeleitores.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jessica
      Vale sim a pena vc dar uma chance e tirar suas proprias conclusoes =) Quem sabe a mistura te agrada?
      Um abraço

      Excluir
  9. Já tinha ouvido falar uma coisa ou outra desse livro na blogosfera.
    Gostei da capa e me interessei bastante pelo tema dele, mas não sei se leria.
    To com uma lista cheia de livros pra ler..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Thai
      Entendo como é ter uma lista cheia de livros para ler kkkkkkk
      Espero que consiga dar uma chance a ele algum dia para tirar suas conclusoes.
      Um abraço

      Excluir
  10. Oi Daniel. Tudo bem???

    Adorei a resenha. Já havia ouvido falar desse livro em outra resenha, que também foi positiva, digamos.
    Amo distopias e também fiquei encantada com a opção de ler uma brasileira. Só não sei se dará certo esse elemento fantástico junto. Sou apaixonada pelos dois gêneros, então talvez de certo para mim, mas só lendo para saber! Obrigada pela indicação.
    Bjoks da Gica.

    Uma Leitora Aquariana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, tudo bom?
      É ótimo para nós, fãs de distopias, ver que autores brasileiros estao entrando neste gênero.
      Dê uma chance sim ao livro ^^
      Um abraço

      Excluir
  11. Oi, tudo joia?
    Por incrível que pareça essa é a primeira vez que vejo alguém falar desse livro, não gosto de livros quando são narrados na terceira pessoa (me julguem haha), esse não me chamou muito a atenção :/

    Beijos
    intoxicadosporlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Joy
      Também não sou fã de livros em 3ª pessoa, prefiro a narrativa em primeira pessoa para eu poder me conectar ao personagem.
      Um abraço

      Excluir
  12. Gostaria de agradecer a essa"escritora"por ter mim desiludido,graças a Ela nunca mais irei gastar meu dinheiro com distopia brasileira.Ela simplesmente pego as coisas que deram certo em Jogos Vorazes e Divergente e simplismente cagaram nelas.Esse livro é tao mediocre que existe dragoes em distopias e pior ainda,esses animais ae alimentam da maldade humana,existe coisa mais idiota do que isso?Nao né? Simplismente daria esse dinheiro ao meu inimigo se Eu soubesse que acabava de comprar um livro tao besta quanto esse...E mulher,que fogo que faz frio? Um conselho meu" Nao escreva outro livro desse jeito.Melhor seria se Vc doasse esse livro para uma escola infatil,quer dizer,nem criança acreditaria em fogo que faz frio e se Vc dependesse do livro para colocar comida na mesa morreria com fome ." E nao ouse falar que Você é iniciante,por que conheço muitos escritores iniciantes que fizeram otimos livros....E por favor,nao comprem esse livro.So a capa que fico boa.Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Matheus
      Primeiramente, gostaria de dizer que o blog não é palco para suas palhaçadas. Se quiser aparecer, faça isso em outro lugar. Você tem todo o direito de não ter gostado do livro, mas daí vir ate aqui para fazer esse showzinho é um pouco demais, não acha? Pelo que pude perceber, uma coisa que lhe falta é educação e respeito com a obra alheia. Por mais que você tenha o direito de expressar sua opinião, vir até aqui e denigrir a imagem da autora desta maneira faz de você uma pessoa ridícula.
      Ps: Não irei apagar seu comentario para que as pessoas possam se divertir vendo você fazendo papel de trouxa aqui. Queria aparecer? Pois então vai ficar aparecendo. Você deve pensar que está bonito, mas sinto lhe informar que sua postura está ridícula. Repense suas atitudes #Fica a Dica.

      Excluir
  13. A capa me pareceu muito com "Frozen". Apesar o comentário idiota e analfabeto do ser acima, chamado "Matheus Rodrigues", a premissa me deixou muito interessado. Vou procurar os primeiros capítulos para adiantar a leitura. Um livro que, com certeza vou querer comprar... 'u'

    www.malfeitofeito.tk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Daniel
      Existem pessoas que gostam de se submeter ao papel de ridiculo. Você não deve mesmo levar em consideração. Minha dica é que você dê sim uma chance ao livro, quem sabe pra você dê certo?
      Um abraço

      Excluir
  14. Ei, primeiramente, que capa linda! Eu adorei, e tinha que falar isso, rs. Estou muito feliz em ver o avanço da literatura nacional nos gêneros que predominam livros internacionais, espero que isso aumente cada vez mais. Não conhecia essa autora e o livro, mas gostei da premissa. Não sou fã de distopia, mas amo fantasia, e acho que iria gostar do livro. Beijos
    www.reinodaloucura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gabriela
      Sim, a capa é muito linda <3
      É otimo ver autores nacionais seguindo este caminho. Recomendo que conheça o livro.
      Um abraço

      Excluir
  15. Eu tenho todo o direito de expressar minha opinião e já que Vc não tem nada melhor pra fazer com o seu dinheiro compre o livro então e faça bom proveito.E analfabeto é Vc,que nem sabe definir quando um livro é ruim ou bom..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então a "Beyonce" pensa que está dando um show com essa atitude?
      Você não tem o que fazer não? Se você odiou o livro, problema seu. Isso não te dá o direito de entrar em um blog e falar o que você quiser. Bom senso por favor.

      Excluir
  16. Oie, tudo bom?
    Eu adoro histórias distópicas e não conhecia esse livro nacional. Fiquei muito interessada em conhecer a narrativa, mesmo que a parte fantástica não tenha convencido. A premissa do livro segue o que vemos no gênero e fiquei com vontade de ler a obra.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Aline
      Sim, a premissa do livro é muito boa. Recomende que você dê uma chance a ele, quem sabe a mistura lhe agrada?
      Um abraço

      Excluir
  17. Oi, Daniel! Muito obrigada pela resenha! Mesmo!
    Embora a fantasia tenha uma razão de ser, como uma figura de linguagem, uma hipérbole dos sentimentos humanos negativos (tipo a cegueira do Saramago que existe p provar um ponto), as críticas estão anotadas e devidamente absorvidas para crescer no próximo livro <3 Obrigada pela parceria, bjs :)

    ResponderExcluir
  18. Oiiii
    Primeira vez que vejo uma distopia escrita por uma brasileira, e acho que os autores deveriam escrever mais nesse estilo.
    O livro parece ser muito bom, apesar de tu achar que a fantasia não combinou com distopia, mas eu leria mesmo assim.
    A capa é simplesmente linda!
    Muito sucesso para a autora e sua obra!
    Parabéns pela resenha!

    Beijos
    http://www.sacudindoaspalavras.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Essa história parece ser muito boa, amei sua resenha! Adoro esses tipos de livros!
    Parabéns pela resenha, muito explicativa e misteriosa.

    ResponderExcluir

Copyright © Oficina do Leitor | Traduzido Por: Mais Template

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes